quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

DIA DA FAXINA.


O calor continua acima dos trinta graus, nem com ventilador passa.
Eu e meu amado decidimos de repente em lavar toda a casa. Apesar de cansativo, foi ótimo. Parece que refrescou um pouco.
Ele lavou até o tapete e tomou um banho de mangueira...rs...essa foi por minha conta...rs.
A casa ficou limpa mas sempre falta mais coisas pra limpar ou arrumar, é incrível isso.
Fiz uma almoço simples mas maravilhoso: arroz, feijão, frango assado, batata doce frita e salada de tomate com pimetões, cebolas, alho, regada a azeite.

E, depois de tanta faxina fiz um bolo fácil com cobertura de geléia de morangos natural.

Fiquei lendo o meu livro atual pois sempre estou lendo algum livro. Amo leitura. No momento, estou lendo o livro da Gisela Rao o qual fui no lançamento e sou seguidora.
É um livro interessante pois ela fala de si mesma, o seu cotidiano com coisas boas e ruins, contradições, sensibilidade, algumas vezes engraçado, outras te irrita mas o bom que te faz refletir sobre vários assuntos. Tenho várias afinidades com ela e várias diferenças também.

Procuro não perder o seriado do Rei Davi e como sei a história, fico atenta pra ver se sai muito do que esta escrito. Eu sempre tive uma admiração enorme por ele e quanto mais observo a vida dele, tudo que passou mais me identifico.

Voltando ao meu amado. O que acho mais legal é não haver máscaras entre nós: ele já conhece o pior de mim e eu o pior dele pois o melhor sempre mostramos.
E, percebi que somos um casal de verdade. Quem ler pode pensar mas todo homem e mulher são um casal, o que eu quero dizer?

Já estive namorando, casada, noiva e foram pouquissimas vezes que senti essa sensação. É quando você chega em lugares diferentes e te veem como a mulher ou namorada e tal pessoa e não mais uma.

É quando vocês se misturam tanto que são chamados de casal e não mais pelos respectivos nomes.

Uma mistura de adaptação de vidas diferentes com a sintonia e atração constante.

É engraçado porque você pode discutir mas depois de "soltar os cachorros"; um beijo, um abraço e um queijo, muda tudo...hum, ele aprendeu lidar comigo...rs...

Ele me fala que sou a pessoa mais atípica que ele já conheceu e sei que sou...rs...ele fez um teste de inteligência comigo e a resposta foi que se eu respondesse diferente, eu fazia parte de dois por cento da população...uffa...agora tive certeza do que já desconfiava: SOU DIFERENTE.

Sinto tanta falta do meu blog que escrevia tanto que tive que montar três...ainda vou voltar com força total é que tenho planos e sonhos a caminho e não estou conseguindo conciliar mas o blog faz parte da minha vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

VOU FICAR MUITO CONTENTE SE VOCÊ DER UM POUCO DO SEU TEMPO PARA ME DEIXAR UM RECADINHO,OBRIGADA. DEUS O ABENÇOE.