quarta-feira, 4 de julho de 2012

Pronto, já estou trabalhando, é só querer...





Eu me inscrevi em uns sites de empregos gratuitos, no final de semana, comecei a me inscrever em várias vagas, para minha surpresa, me mandaram propostas, via e-mail, na segunda-feira, na terça-feira, fui nas entrevistas. Na primeira, o horário não dava porque era de madrugada mas na segunda entrevista, tudo deu certo na hora. Me registraram, foi feito todo tramite de uma admissão na hora e já comecei hoje o treinamento.

Foi o emprego mais rápido que consegui...rs.
Antes, você era aprovado, tinha uns dias, até semanas, para preparar toda documentação e levar no RH da empresa e começar, na próxima segunda-feira. Era o que estava acostumada.

Lá, não. Pegaram meus documentos pela internet, xerox na hora, exames médicos, contrato, crachá, tudo no mesmo dia para começar no outro. Fiquei admirada.

Não é como professora que era o que eu queria mas é uma empresa com plano de carreira e o futuro a Deus pertence. Pode ser que eu só tenha um determinado tempo lá e depois faça outra coisa ou cresça lá mesmo.

Eu quero crescer profissionalmente, fazer minha pós graduação e continuar estudando que gosto e como é meio período, vou voltar a fazer academia com determinação.

É muito ruim ficar direto sem sair de casa, sem fazer nada, só afazeres de casa que não nasci pra isso embora seja muito organizada e não gosto de nada sujo.

Fiz uma feira legal mas hoje teve festa de aniversário de uma Pastora que amo muito e enfiei os pés, mãos na jaca, comi muito, muitas coisas gostosas.

Amanhã vou maneirar e saindo pra trabalhar, já dá uma parada nessa comelância...rs.

Bjs...estou muito feliz com tudo, só sinto falta do meu filho mas esta nas Mãos de Deus.

terça-feira, 3 de julho de 2012

Quero trabalhar...uffa.


EU SOU PROFESSORA E NÃO ESTOU PROFESSORA. ISSO FAZ PARTE DO MEU SER.
O ano passado, estava terminando a faculdade e todas as atenções eram para os últimos trabalhos. Ficaram estágios pendentes mas que depois resolvi a pendência. O que mais eu queria era trabalhar na minha área. Afinal estudei 3 anos e meio pra isso e foi um curso que fiz com amor. Queria sempre mais. Acredito que muitas vezes, fui chata porque pergunto muito e quero saber muito mas sem perfeccionismo doente.
O tempo esta passando e tenho o certificado de conclusão mas não ainda o tão almejado diploma que para quem não sabe, não sai na hora. (coisa que pensava ser assim)
O que acontece com isso. As escolas e diretorias de ensino não te pegam sem o diploma mesmo com o certificado pois o MEC exige e nisso o tempo esta passando e eu parada.

Se eu tivesse parada mas estudando outra coisa porque amo estudar. Quero fazer uma pós, mestrado, etc, tudo bem.

Fazendo academia e um curso de inglês, maravilhoso mas só ficar em casa querendo fazer mil coisas e não tendo como, é desesperador...rs.

Voltar a trabalhar no que fazia é uma opção pois afinal foram 15 anos de experiência e você se sente melhor consigo mesma. Conhece pessoas e sempre aprende. Ainda mais sendo meio período dá pra fazer cursos, estudar e ou academia.
O ruim vai ser ficar sem ir na igreja de quarta-feira a tarde que amo mas vou me alimentar espiritualmente de outro jeito. Deus é comigo.

Claro que seria mais gratificante ensinar pessoas e ver o desenvolvimento delas na aprendizagem. Isso não tem preço mas não posso ficar esperando meu diploma sair sem fazer nada.

A escola que fiquei por 6 meses como aluna pesquisadora, me falou que me pegava na hora pois gostaram do meu trabalho mas sem diploma não posso nem me inscrever.

Outra coisa que seria um sonho, seria trabalhar em um site que pudesse escrever, pesquisar e saber que tem leitores lendo minhas matérias...nossa demais.

Eu não sei direito como conseguir isso. Tem pessoas que conseguem trabalhar de free lancer e ganhar um bom dinheiro sem nem ter terminado faculdade nenhuma de jornalismo.

A maioria tem alguém que gosta da pessoa dentro de um site super legal e é indicado e daí vai acrescentando em seu currículo e aos poucos não precisando mais de indicação mas no começo, só um milagre.

Bom acredito em milagres.

Enquanto isso a dieta esta em stand by por causa de várias preocupações, ansiedades de fazer mil coisas e o pior preciso comprar roupas novas urgente porque as minhas estão em stand by, me esperando também...rs...

Temos que levar tudo com bom humor, assim a vida fica mais leve e tudo são fases, passa, se refaz e o mundo, a vida dão voltas...

Amanhã é dia de feira por aqui, vou ver se dou uma abastecida mesmo sem dieta mas comer coisas mais saudáveis...bjs.

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Amo tanto meu filho que chega a me doer.

O meu presente de Deus mais lindo do mundo. Olha que boquinha, narizinho...meu nenezão que sinto tanta falta. Essa foi a última viagem que fizemos juntos, para Bahia e ele dormiu no meu colo, no barco e tirei essa foto.
Eles saem de dentro do nosso ventre, cuidamos o tempo todo com muita atenção porque são tão indefesos, pequeninos. Alimentamos e contemplamos as primeiras palavras, o gatinhar, os primeiro passos, sorriso, o choro é lindo com manha, levamos no médico e internamos juntos com eles quando é preciso.
Tudo que fazemos pelos nossos filhos, acontece naturalmente pois há amor e sentimos uma força sobrenatural para cuidarmos e nos sentimos felizes com a felicidade deles. Do mesmo jeito, choramos com o choro e sofrimento deles.
Me lembro que cada vez que tinha que tomar soro, tinha que sair do quarto e chorava junto.
Queria eu sofrer no lugar dele.
Sempre o defendi de tudo e todos. Quantas pessoas eu não perdoei mas prefiro ficar longe por ter magoado meu filho ou feito pouco caso dele.
A maioria das coisas ele nem se lembra e ele esquece quem o magoou mas eu lembro direitinho todas as coisas ruins que fizeram a ele embora, hoje, ele esteja crescido  e não esta nem aí.

Nós brincávamos tanto que tinha horas que falava para parar que eu era mãe dele e estava brincando muito como se eu fosse colega de escola.
Conversávamos sobre tudo. Mas tinha coisas que ele falava que não se conversava com a mãe, só com amigos ou o pai e eu falava que eu era a melhor pessoa pra esclarecer suas dúvidas mas tinha vergonha.

Não mentia pra mim por pior que fosse a verdade e sabia que podia contar comigo pra tudo.
É difícil ver que ele cresceu e não é mais meu bebezinho lindo. Se olho as fotos, choro muito de saudades de cada aniversário, cada fase, cada descoberta, as peraltices dele o qual era chamada na escola direto.
Achamos graça depois que tudo isso passou.
Sei que ele esta com a vida que pediu a Deus financeiramente e morando com o pai que era outro sonho dele, ficar com o pai que teve pouco contato.
Amar é isso, ficar feliz pelo seu filho por ele esta feliz mesmo que seja longe de você.

Eu não entendo como um relacionamento tão estreito, tão cheio de amor de repente fica tão distante e frio como se nunca eu tivesse tido um filho.

Nós se sentimos tão descartados...ensinamos tudo e quando nosso filhote fica independente bate asas voa e nem olha pra trás, como se nunca tivesse tido mãe.

O munda da muitas voltas e sempre oro por ele. Espero que um dia ele lembre do nosso relacionamento e sinta falta do colinho da mãe dele que estará sempre o esperando com muita saudade.

Tento ligar direto pra o celular dele mas não atende e quando atende esta ocupado estudando enquanto eu só quero ouvir a voz dele, saber da vida dele, participar mesmo como ouvinte mas não consigo.

Ele nunca me ligou e disse não sentir saudades. Nunca vou conseguir entender isso.

Eu só amei, amei  e amei...será que isso é tão errado assim?

Nunca aceitei alguém fazer mal a ele embora nós não temos controle das atitudes do outro mas sempre o defendi com todas minhas forças. Não sabia que estava me envolvendo com uma pessoa doente que poderia ser grosseiro com meu filho, se não jamais teria nem ficado perto mas não esta escrito na testa o que a pessoa é e nem o que irá fazer.

Só tenho uma certeza que sempre fiquei a favor, defendi e fiquei do lado do meu filho.

Qual é minha culpa? O que foi que eu fiz? Onde posso ter errado? Onde o magoei?
Não faço a mínima idéia.
Se eu soubesse que era a última semana que ele estava morando comigo, teria deixado ele dormir na mesma cama comigo mas não sabia e estava cortando esse costume por ele estar grande mesmo sentindo falta pois estávamos acostumados pois a vida inteira foi sempre eu e meu filho.

Já orei muito para saber o porquê disso mas como diz a Palavra tudo coopera para o bem daqueles que amam a Deus.

Pensei que Deus estivesse me testando para ver se eu não idolatrava meu filho de tanto que o amava mas continuo amando a Deus sobre todas as coisas inclusive sobre essa situação.

Esta nas mãos de Deus mas sinto tanta falta do meu amor, meu filho. Desde do dia 9 de dezembro de 2011, ele só passou o dia das mães comigo e nem o final de semana. E, nunca ligou, só eu ligo.

Deus esta no controle de tudo. E, creio na justiça divina...amém.

quarta-feira, 20 de junho de 2012

O tempo passa depressa demais...

Frase do Facebook.

O tempo passa depressa demais. Acabei nem vendo o clube, as atividades físicas...nada. O tempo em S. Paulo não esta ajudando muito...frio e chuva dá vontade de ficar dormindo embrulhada nos edredons.
Aff...admiro quem tem pique para acordar cedo com esse frio e fazer exercícios. Teve um tempo da minha vida que até conseguia mas cada vez parece mais difícil de conseguir.
Esses dias, também, não passei muito bem mas foi passageiro, nada sério. 
Sei que tudo parece desculpas. Se não tem dinheiro...vá num parque ou vai andar por aí para queimar calorias.
Se esta frio ou chovendo...faça exercícios em casa ou vá chovendo, mesmo.
Ir na piscina é ótimo, relaxa mas como disse minha amiga do sul...quando saímos com o cabelo molhado no frio é complicado até chegar em casa pra secar...ainda mais o meu cabelo que é super comprido e muito.

Enquanto isso, fui me pesar e a balança esta cada momento com um peso diferente. Se eu me pesar agora e depois de 5 min. me pesar de novo, dá outro peso, não dá pra acreditar nela e desanima.

Tem uma amiga que fala: - É só fechar a boca!
E conheci uma mulher que quando queria emagrecer, tomava só água e uma bolachinha de água de 3 em 3 horas, ficando super magra...ai ai ai...

Estou comendo frutas, mudando alimentação para mais saudável, só não tirei o pão mas a maioria das vezes como integral e a balança nada...é muito chato isso.

Com exercícios físicos se perde muito mais rápido e sem tanta fome. Queria ter dinheiro para comprar uma esteira ou pelo menos um simulador de caminhadas que é mais barato e já é uma atividade enquanto vejo tevê mas agora não dá.

O que mais sinto falta disso tudo, é das minhas calças jeans com minhas blusas. Tenho tantas roupas, mesmo tendo dado um monte e não consigo usá-las.

Já passei por isso diversas vezes na minha vida e não vai ser agora que não vou dar a volta por cima de novo. 
Uma amiga que me conhece desde pequena me falou que quando quero sou tão determinada, decidida que não entende porque ainda não emagreci...nem eu mas tudo muda:  nosso corpo, nosso metabolismo, nós mesmo, tudo...sei lá.

Preciso fazer alguma coisa urgente...esse negócio de ficar parada não dá e tenho coisas pra fazer ou terminar mas acabo não fazendo nada.

Amanhã, irá começar a ter cultos em minha casa e creio que tudo irá mudar para melhor...portas vão se abrir e vou conseguir meus objetivos e sonhos adormecidos. Amém...

sexta-feira, 15 de junho de 2012

Qual atividade física fazer? Eis a questão.



Olá, pessoal, realmente estou pensando sobre o que minhas novas amigas blogueiras comentaram abaixo. Preciso encontrar um tipo de exercício que me dê prazer e eu queira muito ir e não que vá sem a menor vontade e motivação.
Fiz carteirinha no Sesc e até havia esquecido. Vou ver isso amanhã. Compra touquinha de natação pra entrar na piscina e ver uma hidroginástica entre outros.
Sempre amei dançar mas me sinto envergonhada por estar acima do peso, penso que fico desengonçada...rs.
Tenho que dar um basta neste sedentarismo porque não esta deixando eu emagrecer. Tenho parque perto de casa, isto é, não tão perto mas já é uma caminhada e faz um tempão que não vou.
Preciso de coragem e sair. Pensei em voltar a fazer a mesma academia mas só fazia esteira e vinha embora, o que adianta?
Pagar pra caminhar, então ando no parque ou nas ruas....mas vou agilizar o Sesc esse final se semana. Sei que dão aulas grátis de sábado e domingo de hidro e assim vou me animando.
Ver uma escola de dança aqui perto e se eu gosto.
Preciso me encontrar numa atividade física...obrigada meninas...bjs.
A balança...ainda estou de mal dela...rs.

terça-feira, 12 de junho de 2012

CHUVA, FRIO...ME SINTO MOFADA...RS.



Não estou fazendo academia desde que acabou meu plano anual. Eu fiquei em dúvida de refazer pois não ía direto, não aproveitei como gostaria e pagar para não ir. Estava com um "pique total" mas não tinha motivação nenhuma por parte dos instrutores e fui desanimando.
Hoje, sinto falta mas não sei se teria preguiça de ir e ficar sozinha fazendo tudo, sem alguém acompanhando.
Fui na academia do prédio, da minha prima, segunda-feira passada, fazer esteira mas depois não deu para eu ir mais. O bom seria se tivesse uma esteira em casa ou pelo menos, um simulador de caminhadas mas acabo ficando sedentária.
Mesmo comendo certo e pouco, a perda de peso é mais lenta ainda...aff.
Ontem, fiz besteira mas quem aguenta o tempo todo ficar sem comer o que queremos. Comi várias paçoquinhas e depois passei até mal do estômago...rs...mas descobri que o impulso era de TPM e no meu caso é sutil, ainda bem.
Feriado e domingão, comi na casa da sogra mas como cozinha bem. O bom é que ela faz comidas saudáveis que não engordam muito...hum...tudo de bom: saladas, sopa de legumes apimentada, panquecas de espinafre etc...
Com esse frio e chuva, não dá um pingo de vontade de comer salada e não fui fazer feira essa semana, comprar banana que amoooooo e não deixo faltar.
Hoje, fez um pouco de sol e abri toda casa pois parece que tudo fica úmido.
No final, fico só lendo, escrevendo e assistindo TV.
Preciso escrever meu livro e esta tudo pela metade.
E, eu que tenho o hábito de comer café com leite e pão de manhã e na janta...não tenho vontade de jantar.
Já lanchei e não quero comer mais nada até dormir.
Estou feliz que as fotos do casamento chegara e estamos postando e triste que estou com saudades do meu filho mas sei que ele esta super bem.
Não tenho a menor vontade de faxinar a casa...aff...quem inventou isso?
Gosto de tudo organizado e limpo e sei que ninguém fará tão bem como eu quero mas é muito chato de fazer ainda mais no frio.
Quero fazer tantas coisas ao mesmo tempo e não faço tudo que queria fazer.
Como, nós, seres humanos, somos complicados...rs...só rindo.
Estou de mal da balança, não quero mais me pesar até sentir diferença nas medidas se não me desanima e não quero desistir.

Feliz dia dos namorados pra todos e os eternos maridos-namorados. Primeiro dia dos namorados com meu amor e já somos casados. Te amo,  meu peixão...bjs...

terça-feira, 5 de junho de 2012

TUDO NA VIDA É UM PROCESSO...

Eu vi esta postagem no Facebook e achei ótima em todas áreas de nossas vidas. Por coincidência fala sobre dieta mas tudo na vida não acontece num passo de mágica, só acidentes...credo!
Tudo que queremos, temos que ter determinação, disciplina (o mais difícil), insistência ou persistência e jamais desistir.
Estou lendo um livro ótimo que esta me ensinando muito e nem estou na metade mas tudo esta em nossa mente e as interpretações que damos as situações da vida.
Nada se repete. Pode até ser parecido mas não repetido.
Então, vamos viver sem medos do que se passou porque não volta mais...uffa...maravilhoso.
Não adianta olhar para o passado nem para sentir saudades das coisas boas e nem para sofrer e ter medo dos fatos ruins...PASSOU...PASSADO...
O efeito sanfona num corpo é o ato de engordar e emagrecer. Isso parece repetitivo mas nosso metabolismo não é o mesmo, nossos sentimentos não são os mesmos, ao nosso redor e nós mudamos, como amadurecemos e aprendemos a saber diferenciar o que é comer saudável e comer compulsivamente, etc.

Por mais que alguns achem isso fútil mas só quem tem esse problema sabe que é importante e que até nisso aprendemos o tempo todo.
Há anos atrás comer azeite, ovos era algo terrível para quem tinha colesterol e hoje, foi mudado esse conceito.
Muitos anos atrás se fazia ginástica descalço e hoje com tênis para proteger as articulações.
E, assim em todas as áreas vão se tendo novas descobertas pra melhorar nossa qualidade de vida.

Somo eternos aprendizes em tudo na vida, basta estarmos abertos a essa aprendizagem e não cometer os mesmos erros mas erros diferentes...rs.

Uma dica da minha dentista querida sobre a dieta que ela fez: esta com fome, principalmente, a noite, não coma carboidratos mas sim, um omelete. Aquece o estômago, mata a fome, sustenta e não engorda como um pão, por exemplo...foi o que acabei de fazer...rs.

Eu amo aquelas sopinhas de beber mas não tenho nenhuma então vamos aos ovos.

Vamos, pessoal...firmes no nosso propósito, determinadas, com ambição de chegar em nossas metas (no meu caso, vestir minhas calças jeans), ter paciência e não se pesar direto.

Bjs...boa noite.

Ps.: minha tia falou que já dá pra notar que estou emagrecendo...tudo de bom escutar isso...rs.

CARDÁPIO DE HJ:
café com leite e uma fatia de pão de grãos com margarina.
2 colheres de arroz, 2 de feijão, abobrinha refogada, salada de alface e tomates e uma coxa com anticoxa de frango. Meio copo com suco de laranja artificial.
2 bananas prata.
café com leite e 2 fatias de pão de grãos com margarina.
2 ovos mexidos.
1 maçã.





sábado, 2 de junho de 2012

Selinho de uma nova amiga do blog.




1. Qual a parte do seu corpo que você mais gosta?
2. Qual seu item de maquiagem indispensável?
3. O que você faz nos finais de semana?
4. Você tem animais de estimação? O quê e quais os nomes?
5. Qual foi o último motivo que te fez chorar?
6. O que você gostaria de ganhar no próximo dia dos namorados?

7. Como você se imagina daqui 5 anos?

1. Olhos
2. Corretivo
3. Leio, escrevo, assisto filmes, namoro com meu maridão, etc.
4. Tenho uma gata que se chama Dara.
5. Foi quando recebi um abraço de uma amiga "mãezona" que me emocionou com suas palavras.
6. Ser feliz com meu amor é o melhor presente mas se fosse escolher algo...hum...uma blusa ou perfume.
7. Com o corpo do jeito que quero, muito bem casada, filhos, fazendo o que gosto, com minha casa super linda, muita saúde para mim e minha família, trabalhando na Obra do Senhor e muitooooo feliz.

Minha RA dando resultados após 2 semanas...eba!



Estou super feliz e motivada com minha RA. Ontem, meu marido trouxe a bateria nova para minha balança digital e estava super ansiosa pra ver o meu peso correto e foram embora, com muita alegria, mais de cinco quilos, em duas semanas.
Eu não percebi a perca desses quilos de tantos outros que precisam ir embora, nem nas medidas.
Então, pensei como deve ser difícil quem é obeso ter ânimo de fazer RA e demorar para perceber alguma alteração corpórea. Por isso muitos desistem.
Temos que fazer nossa RA e esquecer do peso e medidas porque no começo é complicado. Acredito que de duas em duas semanas, já esta ótimo.
Se pesar direto ou se medir direto é loucura e desanima.
Encontrei e já seguia blogs de pessoas que tiveram determinação, mudança de hábitos e tudo mudou em suas vidas.
Percebo que toda mudança de pensamento, hábitos é uma questão de vigilância e disciplina e não se consegue num passe de mágica mas com determinação.
Nossos pensamentos muitas vezes nos traem: só mais um pedacinho não irá engordar, é só um docinho não tem muitas calorias, só hoje abrir uma exceção etc.
Eu li algo em um blog e lembrei que em uma de minhas dietas anteriores, rebatia esses pensamentos assim:
"mais vale o que vou comer ou onde quero chegar?"
Quando comemos algo bom, saboroso nos dá muito prazer no momento e depois uma culpa enorme depois, fora que nosso corpo fica do mesmo jeito ou engordamos. Com isso, nossas queridas roupas vão continuar esperando-nos no guarda-roupa.
Agora se for mais importante chegar no seu objetivo, de se livrar dos quilos a mais e colocar a roupa que quiser? Temos que nos questionar outra vez e fazer a escolha certa para o momento em que estamos vivendo.
Assim é tudo em nossas vidas.
Tanto a RA como na vida e nos relacionamentos, temos que abrir mão de certas coisas para conquistar outras mais importantes e duradouras pra nós.
No meu modo de me ver, somos um único ser dividido em alma (emoções, sentimentos), espírito (buscar a espiritualidade em Cristo), corpo (saúde e bem estar).
Temos que cuidar e alimentar corretamente os três campos de nós mesmos pois estão interligados e quanto mais ficarmos bem e um ajudaremos o outro e assim por diante.

1º Espiritual:

Eu gosto e oro sempre, escuto louvores e pregações para ficar bem espiritualmente além de ir na igreja se não fico muito mal.

2º Emocional:

Faço terapia em grupo e acompanhamento médico.

3º Corporal:

Vou nos médicos que preciso ir. Faço os tratamentos e acompanhamentos propostos: exames, medicação etc. Estou fazendo uma alimentação super saudável e diminui muito a quantidade.
Agora, só faltam os exercícios físicos: caminhada, corrida ou academia, para ficar completo.

Vou esperar mais duas semanas pra me pesar...bjs...Ótimo fim de semana.

Hipotiroidismo, no Google.


Esta reportagem que encontrei no Google é interessante mas ainda falta mais informações que não constam aqui. Vou ver se encontro e posto aqui.

O hipotireoidismo é uma disfunção na tireoide - glândula que regula importantes órgãos do organismo - e que se caracteriza pela queda na produção dos hormônios T3(triiodotironina) e T4 (tiroxina). Em adultos, na maioria das vezes, o hipotireoidismo é causado por uma inflamação denominada Tireoidite de Hashimoto.
O tratamento é feito com o uso diário de levotiroxina na quantidade prescrita pelo médico. Para reproduzir o funcionamento normal da tireoide, a levotiroxina deve ser tomada todos os dias em jejum (no mínimo meia hora antes do café da manhã), para que a ingestão de alimentos não diminua a sua absorção pelo intestino.
Os comprimidos são em microgramas, variando de 25 a 200, e não em miligramas como a maioria dos medicamentos. Por isso, a levotiroxina não deve ser feita por manipulação, pois a chance de erro é grande.
Tratado corretamente (e assim mantendo os níveis de TSH, ou o hormônio estimulador da tireoide), o hipotireoidismo não causa aumento de peso. Porém, como a medicação é extremamente controlada com exames frequentes, o paciente pode ter uma alteração de peso.
Já no caso contrário, pode acarretar redução da performance física e mental do adulto, além de elevar os níveis de colesterol, que aumentam as chances de problemas cardíacos.
A endocrinologista Andresa Colombo Balestro explica como o hipotireoidismo pode causar o aumento de peso: "O metabolismo de uma pessoa com hipotireoidismo sem tratamento fica mais lento, logo, mesmo realizando atividade física e dieta, o organismo perde menos energia do que o esperado. Além disso, pode ocorrer retenção de líquidos, o que na balança vai causar o aumento de peso".
A doença não tem prevenção e se manifestar em qualquer fase da vida. Andresa avalia o que se pode fazer para reduzir o peso quando descoberto o hipotireoidismo. "As dicas que podem auxiliar os portadores de hipotireoidismo a perderem peso são as mesmas indicadas para as pessoas sem essa patologia: dieta e atividade física. Além disso, o tratamento regular do hipotireoidismo com ajuste da medicação periodicamente é indispesável", diz.
O hipotireoidismo é uma doença autoimune, onde um anticorpo é criado para atacar a tireoide. Com a falência da tireoide, aparecem os sintomas da doença, que podem ser: depressão, desaceleração dos batimentos cardíacos, intestino preso, menstruação irregular, falhas de memória, cansaço excessivo, dores musculares, pele seca, queda de cabelo, ganho de peso e aumento de colesterol no sangue.

quinta-feira, 31 de maio de 2012

Voltando a Reeducação Alimentar. 22/05/2012




COMEÇANDO DO ZERO NOVAMENTE:

Tem mais de 6 meses que parei de fazer exercícios físicos e descuidei completamente da alimentação, isto é, comi o que queria, a hora que queria, sem medo de ser feliz...rs.
O problema são as consequências.
Hoje, não sinto complexo de estar gorda ou sobrepeso. Me aceito como sou e meu marido também.
Se para alguns isso é sinal de fracasso, para mim é sinal de felicidade: se aceitar como esta.
As consequências ruins, hoje, estão longe do que já foi para mim. Eu quero usar meus jeans sem ficar apertado, minhas blusas e não sentir dores nas pernas e pés.

Não é mais questão de estética, aceitação, o que os outros vão achar, não estar dentro dos padrões estabelecidos por alguns etc.
Hoje, é questão de saúde e bem estar...e minhas roupas que gosto tanto...rs.

Descobri que tenho hipotiroidismo e li sobre o assunto principalmente quando o Ronaldo Fenômeno tinha o mesmo problema e saiu em todos os meios de comunicação.
Há poucos meses, descobri que mesmo repondo o hormônio, precisava aumentar a dose e faço tudo certinho conforme a médica. Agora, tenho que fazer USG da tireóide e acompanhamento com endocrino que esta sendo demorado e difícil de conseguir mas enquanto isso, decidi fazer a reeducação alimentar.

Eu sempre fiz dietas desde os meus 13 anos e já fui em inúmeros médicos então fiquei um pouco craque no assunto. Houve época em que sabia decór as calorias de muitos alimentos.
O básico que decidi fazer desde o dia 22/05/2012:

- Diminuir carboidrato mas não ficar sem porque depois engorda mais ainda (já tive experiência).
Arroz, feijão, macarrão, batatas etc...3 colheres ou meia xícara e não tudo numa refeição só.

- Tomar água, chás, café, líquidos á vontade.

- Comer de 3h em 3h, mesmo que seja uma bolacha de água.

- Muitas verduras, tomates, cebolas, alho e temperos em geral.

- Legumes, um pires aproximadamente.

- Frutas, umas 4 no decorrer do dia e não tudo de uma vez.

- Amo bananas e é uma das frutas mais completas, nunca deixo faltar.

- Deu muita fome e não tem nada pronto pra comer, opções: 2 salsichas ou 1 omelete simples e ou sopinhas de beber, para aquecer o estômago. Se não tiver nenhuma dessas opções, não é possível que não tenha um leite quente com achocolatado?
O importante é sentir o estômago aquecido nessas horas de fome fora de hora.

- Não pensar que esta de dieta e sim esta mudando tendo mais qualidade na forma de se alimentar.

- Evitar ao máximo doces (uma paçoquinha de vez em quando não faz mal, né?), frituras (eu passo mal, não faz digestão direito)e refrigerantes (eu não gosto mesmo).

- Demorar para se pesar e prestar mais atenção nas medidas pela roupas.

- Ter paciência e tirar a ansiedade de ficar livre das gordurinhas logo. Cada um tem um tipo de metabolismo e no meu caso ficou mais lento devido ao problema citado acima.

- Não ficar se lamentando se outras pessoas comem muito e não engordam. Infelizmente, se eu olhar muito para a comida, já engordo...rs.

- Se arrumar e se cuidar sempre em tudo. Mulher relaxada, ninguém merece, nem nós mesmos...rs.

No momento lembro dessas coisas que penso e estou fazendo, só preciso pensar assim a vida inteira e vigiar para depois de conseguir chegar na minha meta, com saúde, não esquecer e recuperar meu quilos de volta, perdendo minha roupas.

Estou comendo tantas coisas saudáveis, gostosas e que não engordam e o melhor, me sentindo super bem com meu estômago. Agora, é só esperar vir os resultados.

Bjs...contem comigo.


sexta-feira, 4 de maio de 2012

AMOR DE MÃE DE VERDADE...


Vivemos num mundo onde mães abandonam seus filhos outras rejeitam a vida inteira que ao meu ver não deveriam ser chamadas de mãe.
Vejo vários relatos de dificuldades de relacionamentos entre mães e filhos mas as verdadeiras mães nunca deixa de amá-los.
Penso que o amor da mãe de verdade é o que chega mais perto do amor de Deus pois aceita o filho do jeito que é, o ama gratuitamente e indiferente do que aconteça e o quanto tempo passe.
Eu amei meu filho desde a primeira vez que o vi, no Hospital.
Foi um amor jamais experimentado e talvez sinta se um dia tiver outro...pouco improvável.
É um amor que chega a doer. Como assim?
Quando tinha que deixá-lo de castigo quando pequeno ou dar uma bronca séria, tinha que sair de perto de tanto que me doía e muitas vezes, chorava escondido.
Quando sentia dor ou ficava doente, sofria junto, chorava junto e ficava perto o tempo todo.
Uma vez pedi para ficar doente no lugar dele e Deus me ouviu.
Quando por algum motivo suas lágrimas escorriam por sua face, parecia entrar uma faca invisível em meu peito pois a dor dele era minha dor.
Minha família sempre foi ele pois tenho parentes, amigos mas não família.
Cada vitória dele ou sorriso mas fazia sorrir por dentro. Sua alegria me satisfazia.
Conforme foi crescendo, já não queria agrados na frente dos amigos de escola, muito menos que eu falasse como bebê com ele...rs.
Uma vez, esqueci e ele ficou super envergonhado...
Sempre achei ele lindo mesmo com fases boas ou ruins e proibi que falasse coisas contra si mesmo, se depressiando pois eu o amava de qualquer jeito e não tinha motivos para isso.
Tentava ser dura, ainda mais com lição e quando vinha reclamação da escola, tentei adaptar coisas que vi num programa para educar crianças mas no fundo, sempre fui mole.
Nunca brigamos e nunca deixei ele me desrespeitar mas quando dava bronca, passava alguns minutos e já estávamos nos abraçando e dizendo o quanto nos amávamos.
Tentei dar o meu melhor e o meu tudo mas sou humana, sujeita a falhas e defeitos...tentei.
Dei todo meu amor, toda minha paciência e tempo para meu filho.
Uma vez, fui chamada na escola pois achavam que ele apresentava problemas por falta de atenção e chamaram uma psicóloga e depois de duas sessões, foi descoberto que era excesso de atenção e o sufocava...vai entender: se dá pouco é ruim, se dá muito é ruim...complicado.
Tenho um caderno, uma espécie de diário contando acontecimentos do seu desenvolvimento e curiosidades. Tenho muitas fotos de todas as fases e todas festas de aniversários...a maioria eu que fazia o bolo, só sabia fazer o de prestígio de festa mas era gostoso.

Minha preocupação sempre foi em vê-lo feliz e pela falta que outras pessoas faziam na vida dele, tentava suprir, sempre dizendo o quando eu o amava e ele era importante pra mim.
Amava seu cheirinho mas pezinho ficou grande demais...rs.
Não era mais meu bebezinho, não cabia no meu colo mas nunca consegui vê-lo como um homem e ainda não é, é adolescente apesar de 1,80cm.

Quando se ama, ama tudo, as chatices, os defeitos, o mau humor, etc.
Quando sentimos falta do nosso filho sentimos de tudo: da bagunça, de chamar a atenção quando algo esta errado, de ficar alertando para o frio, banho, comida, etc.

Eu sempre amei e amo meu filho indiferente do que ele sinta, fale, pense, é um amor incondicional.
Amei minha mãezona que era minha avó que já partiu e hoje, amo meu filho que foi o presente que Deus me deu...lindo. Obrigada, Senhor. Te amo Pedro.

Será dia das mãe e ele nasceu no dia das mãe, esse foi meu presente...meu filho.

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

TEM PESSOAS QUE SÃO PARA A VIDA INTEIRA.

EU NÃO ME ESQUEÇO DE QUEM SE FEZ IMPORTANTE NA MINHA VIDA, NÃO IMPORTA O TEMPO OU A DISTÂNCIA MAS O AMOR E DEDICAÇÃO QUE TIVERAM POR NÓS.


Eu tive uma sogra, dos 14 aos 16 anos, maravilhosa. Ela foi uma segunda mãe pra mim. Além de ter me ensinado várias coisas, me orientava, aconselhava e acreditava em mim.
Marcou muito minha vida e até hoje, depois de mais de 20 anos, lembro das coisas que me falava, me incentivava a fazer...ai, se tivesse feito tudo que ela dizia, minha vida teria tomado rumos diferentes.

Mas cada um tem seu tempo próprio para amadurecer e fazer o que quer ou conseguir enxergar. Um exemplo, ela me aconselhou a fazer o antigo magistério e não fiz por achar que estaria perdendo tempo e só depois de muitos anos, decidi e percebi que amava Pedagogia, fiz e me formei. Precisava tantos anos assim?

Se eu tivesse feito antes, não teria tido a mesma visão, o mesmo amor, o mesmo amadurecimento e não daria o devido valor, como não dei a varias outras coisas pelo caminho.

Acredito que quando temos que fazer algo pode demorar o tempo que for; um dia faremos, de uma forma ou de outra.

Acredito que tem pessoas e momentos em nossas vidas que é preciso conhecer e passar por aquilo. No exato momento, não entendemos e questionamos muito: - por que Deus, isso ou aquilo?
Dizem que devemos perguntar: - para quê Deus, isso ou aquilo?

O problema é que queremos as respostas rápidas e muitas demoram muito. Muitas vezes, vem depois que passamos e superamos e outras...um dia, quem sabe?

Eu morei em um lugar, quase treze anos e me perguntava o porquê ou para quê e só depois de uns 10 ou 11 anos que estava lá, foi que Deus me mostrou o motivo e que tudo foi pra o meu bem embora não parecesse e não que me agradou mas foi por uma boa causa.

Deus faz tudo perfeito e nós que não conseguimos ver pois somos pequenos e limitados e enxergamos muito pouco enquanto Deus tem uma visão panorâmica de nossas vidas e tudo que rodeia.

Vamos voltar a minha ex- sogra maravilhosa que a estimo muito.
Eu escrevi algo para ela e acabou de fazer um livro e irá colocar a homenagem que fiz a ela, me homenageando, colocando o que eu a escrevi.


Ela me telefonou, informando e eu me emocionei, logo depois escrevi isso para ela e vou compartilhar com vocês:


Oi, D. E., foi uma surpresa tão agradável ontem que meu coração só faltou sair pela boca. Foi a mesma sensação de quando estamos apaixonados por alguém e não esperamos mais nada e de repente, aquela pessoa nos liga. Parece que parou o mundo por instantes e eu queria segurá-la comigo no telefone para não ir embora novamente...rs...

Sei que nossa história foi a muito tempo mas pude perceber, ontem, que o sentimento é o mesmo de amor, respeito e intenso por ter sido num momento tão especial da minha vida: adolescência.

Tem pessoas que passam por nossas vidas e não fica nada ou se fica, vai se dissipando com o tempo e mal lembramos. No caso da senhora, bastou ouví-la que veio uma emoção tremenda que não tenho como descrever, só sentir.

Sei que a vida não nos deixou escolhas em relação ao meu sentimento pela senhora e entendo completamente, toda situação.
Mas percebi o quanto a senhora significou e significa pra mim dentro da minha vida e do meu coração.

Acredito que devamos exteriorizar nossos sentimentos enquanto as pessoas estão respirando e ainda temos essa chance delas ouvirem ou lerem.

Só quero que saiba que "sinto muito" as coisas não terem sido como sonhei, um dia. Na maioria das vezes, nunca, saem como sonhamos mas o fato de alguma forma termos uma ligação após tantos anos, faz ou fez eu perceber o quanto foi importante a minha vida pois são poucas pessoas que conseguem cultivar ou cativar grandes amizades de pessoas especiais como a senhora foi e é pra mim.

Se eu a homenageie, a senhora esta retribuindo com muita beleza, me incluindo no seu primeiro livro. É um dos maiores presentes que poderia receber de uma pessoa que não é qualquer pessoa mas que por um tempo foi uma grande mãe pra mim.

Só quero que a senhora saiba, em meio a lágrimas, que a amo muito indiferente aos anos que se passaram e a distância em que vivemos.

Bastou ouvir sua voz e parecia que não haviam se passado mais de vinte anos, parece que voltei a ser aquela adolescente perdida em que a senhora tantas vezes aconselhou e ensinou muitas coisas.

Te amo, D. E.


Resposta dela a este e-mail:


SOU MUITO AGRADECIDA A VC POR TANTO CARINHO.

VOCE FEZ PARTE DA NOSSA VIDA,( EMBORA POR POUCO TEMPO) MAS SUA AMIZADE FOI MUITO IMPORTANTE PARA TODOS NOS
.
PORISSO SEMPRE ESTARA EM NOSSOS CORACOES . A VIDA FEZ COM QUE NOS CONHECESSEMOS E CONVIVESSEMOS POR ALGUM TEMPO MAS ESSE CARINHO E ESSA AMIZADE SEMPRE EXISTIRA .

BJS
SEMPRE FALAM MAL DE SOGRAS MAS TEM SOGRAS BOAS E MÁS. NESTE CASO, EM ESPECÍFICO, CONSIGO ENTENDER BEM NOEMI E RUTE POIS SE NOEMI ERA COMO ERA D. E., EU ESCREVERIA O MESMO TEXTO A ELA:

Disse, porém, Rute: Não me instes para que te abandone, e deixe de seguir-te; porque aonde quer que tu fores irei eu, e onde quer que pousares, ali pousarei eu; o teu povo é o meu povo, o teu Deus é o meu Deus;
Onde quer que morreres morrerei eu, e ali serei sepultada. Faça-me assim o SENHOR, e outro tanto, se outra coisa que não seja a morte me separar de ti.
Rute 1:16-17

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

DIA DA FAXINA.


O calor continua acima dos trinta graus, nem com ventilador passa.
Eu e meu amado decidimos de repente em lavar toda a casa. Apesar de cansativo, foi ótimo. Parece que refrescou um pouco.
Ele lavou até o tapete e tomou um banho de mangueira...rs...essa foi por minha conta...rs.
A casa ficou limpa mas sempre falta mais coisas pra limpar ou arrumar, é incrível isso.
Fiz uma almoço simples mas maravilhoso: arroz, feijão, frango assado, batata doce frita e salada de tomate com pimetões, cebolas, alho, regada a azeite.

E, depois de tanta faxina fiz um bolo fácil com cobertura de geléia de morangos natural.

Fiquei lendo o meu livro atual pois sempre estou lendo algum livro. Amo leitura. No momento, estou lendo o livro da Gisela Rao o qual fui no lançamento e sou seguidora.
É um livro interessante pois ela fala de si mesma, o seu cotidiano com coisas boas e ruins, contradições, sensibilidade, algumas vezes engraçado, outras te irrita mas o bom que te faz refletir sobre vários assuntos. Tenho várias afinidades com ela e várias diferenças também.

Procuro não perder o seriado do Rei Davi e como sei a história, fico atenta pra ver se sai muito do que esta escrito. Eu sempre tive uma admiração enorme por ele e quanto mais observo a vida dele, tudo que passou mais me identifico.

Voltando ao meu amado. O que acho mais legal é não haver máscaras entre nós: ele já conhece o pior de mim e eu o pior dele pois o melhor sempre mostramos.
E, percebi que somos um casal de verdade. Quem ler pode pensar mas todo homem e mulher são um casal, o que eu quero dizer?

Já estive namorando, casada, noiva e foram pouquissimas vezes que senti essa sensação. É quando você chega em lugares diferentes e te veem como a mulher ou namorada e tal pessoa e não mais uma.

É quando vocês se misturam tanto que são chamados de casal e não mais pelos respectivos nomes.

Uma mistura de adaptação de vidas diferentes com a sintonia e atração constante.

É engraçado porque você pode discutir mas depois de "soltar os cachorros"; um beijo, um abraço e um queijo, muda tudo...hum, ele aprendeu lidar comigo...rs...

Ele me fala que sou a pessoa mais atípica que ele já conheceu e sei que sou...rs...ele fez um teste de inteligência comigo e a resposta foi que se eu respondesse diferente, eu fazia parte de dois por cento da população...uffa...agora tive certeza do que já desconfiava: SOU DIFERENTE.

Sinto tanta falta do meu blog que escrevia tanto que tive que montar três...ainda vou voltar com força total é que tenho planos e sonhos a caminho e não estou conseguindo conciliar mas o blog faz parte da minha vida.

sábado, 14 de janeiro de 2012

2012: ANO DAS NOVIDADES DE VIDA...

Primeiro, comecei o ano, como sempre, de joelhos no chão, orando ao Senhor JESUS, numa outra denominação, "Maranata"...algo diferente. Ceiamos com várias pessoas diferentes e comemos coisas diferentes e muitoooooooooo gostosas.
O Senhor me deu essa mensagem no meu espírito: esse é o ano das novidades, experimentar o novo em todas as áreas da minha vida e começei o ano assim. Deus nos surpreende a cada dia com suas maravilhas, só precisamos ter olhos (espirituais) para ver.
Fomos a uma padaria ótima que tinha tantas delícias e resolvi experimentar um docinho que esta muito na moda "Cupcake"...interessante mas tem mais nome do que ser aquela oitava maravilha do mundo...rs. Acredito que seja porque gosto mais de salgados do que doce.
O importante na história não é o doce mas o fato de ser uma novidade.
No dia primeiro, vi um culto de outra igreja "Bola de Neve" e foi benção. Nesse mesmo dia, após o culto que assisti com minha cunhada, um louvor não saia mais de minha mente e fui procurá-lo no Youtube: "http://www.youtube.com/watch?v=u0yrnhKy4n4.
E, esse é o meu hino de 2012:

Há um lugar de descanso em ti
Há um lugar de refrigério em ti
Há um lugar onde a verdade reina, esse lugar é no Senhor
Há um lugar onde as pessoas não me influenciam
Há um lugar onde eu ouço teu Espírito
Há um lugar de vitória em meio à guerra, esse lugar é no Senhor

Refrão:
Esse lugar é no Senhor (4x)
Há um lugar onde a inconstância não me domina
Há um lugar onde minha fé é fortalecida
Há um lugar onde a paz é quem governa, esse lugar é no Senhor
Há um lugar onde os sonhos não se abortam
Há um lugar onde o temor não me enrijece
Há um lugar que quando se perde é que se ganha, esse lugar é no Senhor
Repete refrão (8x)
Jesus! És tudo o que eu preciso, Jesus! (3x)De ti preciso!