sábado, 17 de setembro de 2011

NEM TUDO SABEMOS AS RESPOSTAS, NA VIDA. TALVEZ, UM DIA...

Eu gosto muito dessa frase e sem querer a utilizo muito na minha vida:
"TUDO VALE À PENA SE A ALMA NÃO É PEQUENA." Fernando Pessoa

Pode ser que já tenha a utilizado em outra postagem mas é algo simples e profundo. Se as pessoas aproveitassem tudo que acontece a elas para amadurecer, enxergar a vida por outros ângulos e treinar sua capacidade de resiliência...tudo iria melhorar na vida.

Veja se já passou por algumas dessas situações difíceis:

1- amigos ou amigas que do nada, pararam de falar com você e por mais que buscasse uma resposta nunca teve, nem deles e nem da vida.

2- relacionamentos, como namoro e casamento que você se pergunta:- o que estava pensando pra entrar nessa relação?

3- relacionamentos que mal começam e terminam sem mais e nem menos e você tenta encontrar uma resposta e vêm várias mas certeza de nenhuma.

4- quantas pessoas que parecem normais, divertidas, boas, de bom-caráter e após um bom tempo ou não, essa máscara caí e descobre que conheceu uma pessoa problemática e não sabe nada sobre ela.

5- pessoas que inventam coisas sobre você que nem imaginou na sua mente em fazer e muito menos faz.

6- injustiças, falso testemunho, calúnias, difamações, etc...

7- viu pessoas passando por estas coisas e se sentir impotente.

8- ser julgada e muitas vezes condenada por algo que não fez e nem ia fazer.

9- ser super sincera e perceber que convive ou conviveu com pessoas falsas.

10- que sua presença e suas palavras causaram transtorno no outro porque o outro é cheio de complexos e o problema, nunca foi com você.

Poderia enumerar vários casos e acontecimentos mas me incomoda o fato de muitas vezes, não conseguir se defender ou defender o que pensa porque o outro deu como fato, tirando de sua mente distorcida e doente.

Eu lembrei que estava num evento e uma mulher que estava a minha frente, tinha na blusa um fio de cabelo solto e pensei que poderia cair na comida ou alguma neurose que o fio de cabelo me incomodou...rs...quem já não viu algo assim e quis tirar?...rs.
Eu tirei. Ela virou e eu expliquei o ocorrido. Ela virou e disse:- eu sei que minha blusa esta cheia de bolinha e é velha.
OLHA O COMPLEXO DA MULHER QUE EU NEM HAVIA PENSADO NISSO E NEM REPAREI NA BLUSA DELA MAS FOI A INTERPRETAÇÃO QUE DEU, POR SE ACHAR ASSIM.
Expliquei que minha blusa era velha, também, cheia de bolinhas e que era só um fio de cabelo.
Nunca mais vi essa mulher...

E, MUITAS PESSOAS AGEM ASSIM, EXEMPLOS:

Falei pra uma moça que ela estava com muitos problemas e depois conversávamos pois ela não conseguia me entender, estava nervosa e sem motivo real. (pra mim, pelo menos)

Ela ficou mais ofendida ainda por que como eu (que ao ver dela não sou nada) posso falar isso pra ela (que era uma estudante de psicologia e uma missionária, quase pastora)?

O problema era comigo ou com ela?
Ela estava com coisas má resolvidas dentro dela e mesmo com passar do tempo ela nunca percebeu o que fez, nunca caiu em si e voltou atrás, mesmo eu arrumar as coisas e tentando reatar a amizade; nunca nada adiantou.

Dentro de relacionamentos é pior ainda:

Uma pessoa, totalmente, mal resolvida com ele mesmo e com a vida, primeira coisa que ele faz é usar máscaras: umas caem super rápido e outras anos.
Então, vemos casos de relacionamentos que acabam em tragédias que são os extremos mas existem os sutís que causam estrago emocional mas não é considerado crime.

Um caso, a pessoa tem a mentalidade suja o qual vê maldade em tudo e misturado com insegurança e ciúmes, imagina no que transformará a vida do outro que não tem nada a ver com isso?
Essa pessoa começa a julgar e ter certeza de coisas que nunca aconteceram e ou nem passou pela cabeça do outro. Chega uma hora que você não aguenta. Então, a pessoa fala mal de você para se passar de bonzinho e você ser a ruim da história. Gera uma traição pois você espera uma normalidade de sinceridade e diálogo mas é só faixada. Fora, os complexos e inúmeros problemas que nunca foram resolvidos, só escondidos ao longo dos anos...
O OUTRO REFLETE EM VOCÊ OS SEUS COMPLEXOS E PROBLEMAS COMO SE VOCÊ FOSSE O PRÓPRIO ESPELHO DELA...COMPLICADO.

Conheci um homem; parecia ser maduro, engraçado, bem resolvido, querendo relacionamento sério e outras qualidades...ótimo.
Agora, o outro lado: cheio de melindres, inseguro, complexado, se escondendo da vida e das pessoas usando máscara do homem descrito acima, problemático, com "TOC"(no caso dele, as coisas extremamente limpas e organizadas, fora do normal), medo de amar e se envolver (se colocando uma armadura), etc.

Então, se você falar para uma pessoa assim:- se vc fizer tal coisa, ficará melhor ou mais bonito.
Ele fantasia tantas coisas: se ela falou isso é porque me achou feio mas eu sou, ela descobriu que tenho tal defeito, ela achou isso e aquilo de mim e esta me humilhando...e por aí vai a viagem da pessoa.
E, você só quis dizer o que disse e nada mais e nada menos.

Eu tinha e espero não ter nunca mais, ímã pra pessoas que tem problemas altíssimo de baixa autoestima.
Claro que não sou perfeita e já tive vários problemas comigo, vários complexos que hoje, vejo que não havia motivo pra eles existirem.

Eu entendo em partes essas pessoas porque se você tem problemas com baixa autoestima tem que procurar ajuda psicológica e muitas vezes psiquiatrica além de Deus mas se pra quem tem fé, é difícil, imagina pra quem não tem fé nenhuma.

No fim, muitas relações de amizades e namoro são acabadas por não haver comunicação correta. Se ouve algo mas de acordo com seus complexos e problemas interior, escuta outra coisa que a outra pessoa nem pensou.

Procure parar de achar que tem "bola de cristal" e ficar tirando palavras e pensamentos do outro.
São seus pensamentos sobre você e não o outro que esta pensando.
Se cure e procure ajuda. Leia sobre o assunto o máximo que puder e se ajude porque desse jeito, será difícil conseguir ser feliz e se relacionar, sem máscaras.

Na maioria das vezes, são pessoas próximas que nos depreciam tanto que acabamos comprando as opniões deles e outras vêm desde a infância: pais, parentes, na escola, bulling, etc.
Agora, tem o fator genético de ter algum problema psiquico e outras que por ver padrões de beleza apresentados e não fazer parte deles, ficamos com problemas de baixa autoestima.

Eu tive complexos de várias partes do meu corpo mas passou porque encontrei várias pessoas que elogiaram muito essas mesmas partes e sem saber fizeram eu me ver e gostar do que via.
Hoje, procuro melhorar minha aparência física. Me preocupo com isso mas não só com isso.
Cuido da saúde: corpo (exercícios, dietas e médicos), alma ou mente (terapia, leitura, estudos) e espírito (buscando Deus em oração, pregação e Palavra).

As pessoas tem mania de fantasiar-nos pela aparência. Veem você produzida e alegre e acham que você tem ou teve uma vida perfeita, sem problemas e que nunca sofreu ou sofre...
Detesto esses mitos e já fui muito julgada injustamente por fantasias que as pessoa criam a meu respeito.
Eu jamais ofenderia alguém por algo físico que não me agradasse. Acho isso ridículo.
O valor das pessoas estão no seu caráter, atitudes, sabedoria, conseguir ser bem resolvido consigo, assumir quem é, não ter vergonha de si mesmo, não usar máscaras e saber dialogar.

Perguntar é a melhor saída quando se tem dúvidas e não ter certeza (sem ter) e julgar o outro sendo que mal o conhece, pelos seus valores deturpados ou seus complexos.

Pense bem antes de perder alguém muito querido (a), de distruir com o emocional do outro, antes de perder quem você poderia ser feliz a vida inteira por problemas internos mal resolvidos.

Não é se escondendo, não se envolvendo, mostrando o que você não é mas se enfrentando porque o pior inimigo é você mesmo, se não se cuidar e se amar.

3 comentários:

  1. É já aconteceu isso comigo pessoas que inventam coisas sobre você que nem imaginou na sua mente em fazer e muito menos faz.

    injustiças, falso testemunho, calúnias, difamações, etc...

    È muito triste quando isso acontece, agente não tem a intenção prejudicar neguem, vem uma pessoa em nossas vidas que nos prejudica muito.
    A primeira coisa que vem na cabeça é de desaparecer,pra ver se algume sente nossa falta, e fingir que não estar acontecendo nada.

    ResponderExcluir
  2. katia,
    adorei, quer dizer to adorando, teu blog. Não li quase nada ainda, mas essa postagem que li já me deu uma idéia do quanto deve ser válido ler suas postagens. Eu sou meio assim, desconfiada, mas tenho motivos concretos para ser. Passei por muitas... e estou tentando sorrir sempre.
    Alessandra
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Obrigada, Alessandra, fico feliz. Volte sempre...bjs...Katia.

    ResponderExcluir

VOU FICAR MUITO CONTENTE SE VOCÊ DER UM POUCO DO SEU TEMPO PARA ME DEIXAR UM RECADINHO,OBRIGADA. DEUS O ABENÇOE.