segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

” A CADA MINUTO QUE PASSAMOS COM RAIVA, PERDEMOS SESSENTA SEGUNDOS FELIZES.” (William Somerset Maugham)

Tem frases ótimas que procuro guardá-las no meu blog para eu lembrar e relembrar delas. Assim, quando ficar com raiva me lembrarei do quanto estou perdendo.
Eu acho demais existir o mundo virtual, não para procurar alguém pois eu não acredito nisso e acho perigoso. Nem consigo entender quem faz isso, sem medo, arriscando a própria vida.

O que eu gosto é ter o mundo todo em um ou alguns clicks. Ter contato com pessoas do mundo inteiro, conhecer outras culturas, pensamentos, etc.
Eu leio muito. Navego mesmo em sites super interessantes, em blogs que sigo e aprendo muito mesmo, sobre vários assuntos.

Em relação a amizade, fiz algumas mas com mulheres inteligentes com muitas afinidades.

Detesto baixaria, futilidades, pessoas que vivem sem refletir sobre nada, como gado sendo conduzidos pelo capitalismo desvairado, onde só é importante comprar, comprar, sem a menos necessidade, só pelo fato de ter coisas, mais e mais.

Eu não me enquadro, também, nos super intelectuais que acham o restando pobres mortais, coitados que não tiveram acesso ao conhecimento.

Eu não sinto prazer em comprar roupas, sapatos, bolsas, etc. Mas sinto prazer em arrumar e reformar minha casa.

Eu amo o conhecimento mas gosto de assistir filmes de comédia, ler livros de auto-ajuda, psicológicos, a bíblia e estudar.

Acho que estou no meio termo mas me irrita achar que todas mulheres amam shopping e essa doença de compulsão de compras...tô fora.

Então uso a internet a meu favor, procurando conhecimentos, textos edificantes que me tragam algo para minha vida e ou me divertem pois o riso é um remédio indispensável

Conheci pessoas maravilhosas mas não consegui fazer amizade com homens pois não tem conteúdo, não tem nada para oferecerem, só ficam com conversas sem graça e voltadas para cantadas baratas e sexo.

A maioria deles, não leem o meu perfil, não entram no blog para ver que existe um ser humano cheio de idéias e não é nenhuma burra.

Isso me deixa triste; saber que cada vez mais as pessoas estão se tornando vázias, se preocupando só com seu umbigo.

Fico feliz em conhecer algumas que tem pensamentos parecidos e são inteligentes, interessantes, que valem à pena.

5 comentários:

  1. Sobre a frase abaixo do teu texto:

    "Acho que estou no meio termo mas me irrita
    achar que todas mulheres amam shopping e essa
    doença de compulsão de compras...tô fora."

    Naquela conta que eu havia feito, esqueci um
    "elo" da corrente que "desova" no shopping:

    Revolução Industrial → Capitalismo →
    Materialismo → CONSUMISMO (o "elo" que esqueci)
    → Shopping


    Ale

    ResponderExcluir
  2. Obrigada, Alê, se quiser colocar na postagem, sem problemas, aparece no meu e-mail...abs.

    ResponderExcluir
  3. Que bom saber que estas a todo vapor menina.
    bjão e continue assim.
    firme e forte na presença de Deus!

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Clarice Lispector disse:

    Não procure entender, a vida ultrapassa o endendimento.

    Tenha um ótimo dia com paz no coração

    ResponderExcluir
  5. Amei a frase...obrigada...volte sempre...bjs.

    ResponderExcluir

VOU FICAR MUITO CONTENTE SE VOCÊ DER UM POUCO DO SEU TEMPO PARA ME DEIXAR UM RECADINHO,OBRIGADA. DEUS O ABENÇOE.