sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

POBRE QUE FICA RICO, NINGUÉM MERECE...


Acordei 5:30h da madrugada de hoje, pensando nisso, pode?
Aí, acabei acordando e não sei qdo vou conseguir dormir, sendo que gosto muito de descançar.

Quem já passou por algumas situações que vou citar, irá me entender muito bem.

Agora, pra toda regra, existem exceções, certo?

Conheci várias pessoas que não tem nada financeiramente e nunca tiveram mas tem nobreza de espírito, educação, uma boa índole, ética, honestidade e inúmeras virtudes.
Nunca liguei essas qualidades a situação financeira das pessoas pois não tem nada a ver, só faz isso quem é muito ignorante e isso existe muito.

Como conheci pessoas muito ricas financeiramente: um tinha um Yate, outra: o pai comprou um hotel e fez casa pra passar finais de semana com a família e assim por diante...mas de uma simplicidade, humildade de eu ficar abismada quando descobri.
Quem nasceu em "berço de ouro", não tem necessidade de se exibir, mostrar o que tem, ou se achar melhor do que os outros pelo que tem, pois isso é tão natural pra eles que nada muda.
ADIMIRO ESSAS PESSOAS E QUE CONTINUEM ASSIM.

Agora, que nasceu e foi pobre a vida toda (não sei o que se passa com essa pessoa) e melhoram um pouquinho a vida financeira...dá vontade de rir...parecem que tem um "monte de rei na barriga"...rs.
Pisam em todos, humilham os faxineiros, porteiros e quem estiver pela frente.

Dizem a famosa frase, ridícula: -VOCÊ SABE COM QUEM ESTA FALANDO?
E a pobre funcionária que talvez tenha até mais condições do que a pessoa em pauta, tem que ficar quieta e engolir pra proteger seu emprego e não sei se vale a pena discutir com uma pessoa tão pequena, como ser humano.

ME PERDOEM MAS DEFECAM E VÃO MORRER E APODRECER COMO TODOS NÓS...ACHO QUE ESSAS PESSOAS MAIS AINDA...RS.

Já vi pessoas que mal tinham o que comer em casa e se vestiam como se tivessem condições.
Nada contra se vestir bem mas passar fome pra ter boa aparência e se sentir superior aos outros?
Conhecem aquela frase: - comem ovo e arrotam caviar...

Conheci uma família que hoje, vejo que foi bom pois acreditava muito em tudo que as pessoas mostravam ser...aparências.
E, eles mostravam ser pessoas ricas, formadas, letradas, etc...e eu era tão tonta que me sentia inferior...por isso que foi bom...aprendi quem eu era e que humildade tem limite, principalmente, quando você encontra esse tipo de pessoas pela frente...não sei que definição melhor dar a elas.

Com o passar do tempo fui descobrindo que todos tinham problemas psicológicos sérios mas escondidos, claro. Um falava o português mais comum do mundo e me perguntava, já explicando, determinadas palavras como se eu fosse alguma "chucra","chula" ou burra e ficava comprando roupas de marcas que nem servia só pra se sentir que estava comprando...é pra rir, não é?

Outro, falava que era formada em 3 faculdades e o pior conseguiu montar até escolinha para criança e ganhar um bom dinheiro mas não passa de uma ex professora de balet e mal sabe escrever...uma vez pediu pra eu escrever um bilhete porque tinha uma péssima escrita. Já, saiu até na mídia e pelo menos tem bom padrão financeiro mas não dá um pãozinho pra alguém que precisa...e vive em cima de mentiras mas "vive bem"...nem vou entrar nos podres porque não foi a pior, foi até uma das melhores com tudo isso...pelo menos comigo.

Outro, dizem que o marido deu calote em vários coitados que vem de outros estados ou cidades pra fazer reformas de casas e ganhar dinheiro em cima deles, até ficarem super bem de vida. Agora, esse foram pessoas da mesma família que me contaram, nunca percebi nada e como eles falam mal uns dos outros, vai saber...então vou poupá-los pois pode ser inveja da oposição.

Outro, se fingiu advogado, de boa família, aquele homem galanteador que as mulheres gostam e nem 3º série do ensino fundamental I tinha. Põe terno e gravata com processos na mão e quem vê pensa, nossa que advogado ou executivo...não tem onde cair morto...quer uma mulher pra sustetá-lo e se encostar, mesmo que seja uma pobre coitada que mal consegue sustentar a si mesma...total mau-caráter mas tenho dó, mesmo sendo uma pessoa vingativa e má.

Outro e pior de todos: perdeu a carteira da "OAB", mesmo assim quer processar todas as pessoas por tudo...é uma comédia. Humilha e faz mal quem cruzar seu caminho, se acha o máximo e que é linda mas não é...menti pra si mesma o tempo todo e depois fica chorando escondido o dia todo. Uma hora vc pensa até que é boa pessoa mas por de trás é a pessoa mais maldosa que conheci em toda minha vida. Manipuladora, brinca de ser Deus e se tiver que acabar com a vida das pessoas, pensa muito bem, se vai valer á pena.
Ps.: só tem um apartamento e um carro "meia boca" que dava golpe nos postos de gasolina porque nem dinheiro pra o combustível tinha.
Ela faz de "gato e sapato" todos que querem e a rodeiam principalmente o seu próprio irmão.
São estilos diferentes mas a maldade é igual mas há sofrimento, mesmo escondido.

Enfim, são pessoas que não sabem ser amadas e não sabem amar. Que Deus olhe o porquê fazem tantas maldades com as pessoas.

Agora, por que dei esses exemplos bizarros? (nem dá pra contar tudo de tantos podres)
Porque além de tudo isso se acham melhores do que todos por causa de um sobrenome arcaico que meio mundo tem e nem por isso são melhores do que os outros.

SOBRENOME: algo do começo do século passado até a metade, onde para ser sócio de clubes tinha que ter o sobrenome tradicional de alguma família importante. Hoje, com tantos ricos de sobrenomes comuns e tantas misturas de etnias porque "raça quem tem é animal", alguém esta preocupado com sobrenome...só quem não tem nada mesmo e tem que se apegar a algo ultrapassado pra ter um pouco de autoestima.

No prédio onde morei de moradores de classe c, d e e se existir...rs...
De 100% do prédio, 10% tinha condições intelectuais boas, uma boa parte pessoas humildes mas muito trabalhadoras, esforçadas e outra "deixa a vida me levar".
Agora, o pior de todas as pessoas, foram aquelas que por ter um apartamentozinho, se sentiam e sentem superiores a todos...são muito medíocres...é uma pobreza na alma...horrível.

Infelizmente, tem pobre que não tem condições de ter nada que sai pisando nas pessoas e vai continuar sendo mais pobre ainda mas em outro aspecto.

HUMILDADE é algo tão nobre, tão lindo...quem é ou quem tem, não precisa provar nada para ninguém e nem se autoafirmar humilhando os menos favorecidos.

Me perdoem mas fico revoltada com pessoas pobres que ficam maltratando outras pessoas enquanto pessoas muito ricas (tem exceções) não fazem.

Eu nasci num "berço de ouro", estudei em um dos colégios melhores de São Paulo, depois fiquei super pobre e passei muitas humilhações, discriminações até dentro das igrejas, (não fazia parte das panelinhas de quem podia sair pra gastar), precisei de ajuda financeira de várias pessoas que Deus colocou no meu caminho e agradeço. Chorei muito, quando tive que pegar a primeira "cesta básica" na igreja. Nunca havia imaginado um dia ficar pobre pois meus pais tinham muito dinheiro e pederam quase tudo.

Hoje, mais madura em vários sentidos, percebo que tudo isso foi bom, embora tenha sofrido muito.

Aprendi viver com muito e com pouco,
Sentir o sofrimento do necessitado e a hostilidade dos que tem mais,
Sentir a dor da humilhação e a vergonha de precisar de ajuda, (nada comum pra mim)
A perceber o pré-julgamento das pessoas pela sua situação financeira e não pelo que você é;
Aprendi qual o valor do dinheiro e o valor do ser humano,
Aprendi que sou uma pessoa com bagagem de vida e conhecimentos gerais e não é por falta de dinheiro que muda quem sou: meus valores, minha moral, minhas virtudes.

Nada muda nossa essência e o que passamos de ruim, durante nossas vidas, é só para nos lapidar e sermos pessoas melhores. Reconhecer que não somos nada sem Deus e nossa fragilidade é tanta que basta um invisível vírus para acabar com nossas vidas.
Então, não se ache melhor do que ninguém pois não sabe como será seu fim.

13 comentários:

  1. Perfeito Katia; concordo com tudo que vc descreve neste...
    Ser assim; pensar assim como vc; é glorioso...somos bem parecidas!!
    Vc conhece aquela leitura "Dai a César o que é de César"???
    Pra mim é o resumo de tudo!!
    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Concordo plenamente Kátia. Eu conheci uma pessoa que hoje a considero uma "ex amiga" pois ela era manipuladora, egoísta, se achava a miss universo, vivia dizendo que todo mundo tinha inveja dela, mas no fundo eu acho que ela era quem tinha inveja de todo mundo. Eu também sou evangélica e nas igrejas eu percebo que os irmãos puxam o saco de quem tem dinheiro. Quem tem grana na igreja pode fazer tudo lá dentro, mandar e desmandar. Eu fico simplesmente apaixonada por pessoas que são a simplicidade em pessoa, gosto de pessoas assim e procuro ser simples também.
    Eu fico boba com as pessoas anônimas que apareceram na televisão algumas vezes, nem são celebridades e já ficam todos arrogantes, tendo ataques de estrelismo e não dão entrevistas para os jornalistas. É ridículo o comportamento dessas pessoas que até ontem não tinham nem onde caírem mortos e agora só porque têm um emprego melhor se deslumbram com esse novo "status" e se acham no direito de humilhar todo mundo.

    (não consegui achar o texto sobre a cracolândia, me passa o link, fiquei curiosa para ler)

    Beijão

    ResponderExcluir
  3. É a pura verdade Kátia...como existe pessoas assim neste mundo. Como vc também conheci muitas destas controversas. E, para falar a verdade, na minha vida já encontrei de todos exemplos que vc deixou. Haaaaa... mas fazer o que não é mesmo? Assim é o ser humano. Encontramos deles todos os tipos neste mundo. Um grande abraço Kátia e saiba que admiro muito seu modo de ver a vida e seus semelhantes. Beijos

    ResponderExcluir
  4. No século XIX era o que eramos mesmo,
    no XX agente era o que agente tinha,
    no XXI agente é o que agente parece ter,
    Qual será o próximo passo ?

    ResponderExcluir
  5. Acredito que a futilidade da aparência vai continuar reinando num mundo que coisas valem mais que o ser humano...bjs.

    ResponderExcluir
  6. Nossa me identifiquei com esse texto, pq sou de família simples e não tive oportunidade de estudar, por ter que sair de casa pra trabalhar pra ajudar minha mae. Começei a namorar cm um homem mais velho que eu, que tinha faculdade, uma pessoa de um coração muito bom, me casei cm ele, mas a família dele se acham melhores,metidos a ter dinheiro, por ter varias faculdades, me diminui na frente dos outros, principalmente quando estão todos reunidos no natal por exemplo. Nem sei por que vão a Igreja,não é capaz de ajudar ninguem, a fazer uma caridade. Antes me fazia de empregada, agora não deixo mais isso acontecer. Mas hj eles precisam muito de mim, mesmo assim eles continuam cm nariz em pé e não reconhece o que eu faço. Me enjoa quando rola assunto de bens de dinheiro de posses etc...

    ResponderExcluir
  7. Eu já sofri isso com a família de um ex meu. O pior é que ele não tinha estudo, era problemático, dependente químico e ficavam me humilhando por causa do sobrenome deles, pode?
    Pleno século 21 existir diferenças por sobrenome...é absurdo mas graças a Deus me libertei deles. Não tenho raiva mas Deus me livre. Seja forte pois isso é uma fraqueza deles e usam isso para se auto afirmarem...bjs.

    ResponderExcluir
  8. MEU COMENTARIO,::
    UMA PESSOA QUANDO NASCE POBRE,DE MATERIA E ESPIRITO E DEPOIS FICA UM POUCO RICA..NOSSA!!!
    MOREI NA ITALIA 6 ANOS E TRABALHEI COM UMA BARONESA, RIQUISSIMA!VOCES NEM IMAGINA QUE ELA TINHA.. FAZENDAS,ETC.. ERA MUITO SIMPLES E HUMILDE,SABEM QUE DIZEM DOS BRASILEIROS LA FORA?QUE BRASILEIROS QUANDO SOBE EM CIMA DE UM GILETTE..NINGUEM MERECE........

    ResponderExcluir
  9. É isso mesmo, perfeito. bjs.

    ResponderExcluir
  10. E verdade, tudo o que esta escrito aqui, eu vivo em uma cidade que vas frontera com o Uruguai, e estudo no uruguai, em um liceo publico, no liceo tem varios jovems da varias clases social. E como em todo o mundo sembre tem essas pessoas que se sentem melhores do que os outros, e costao de humiliar as pessoas pelos cargos de trabalhio tem os pais, e pelas situacao economica aparentemente, o que demostram, ser... Se esquesem de que vao em um colegio publico, e que nos todos estamos com igual condicao no colegio, nao veim que usamos o mesmo uniforme, e que somos iguais.

    ResponderExcluir
  11. Em todos os lugares da nossa sociedade capitalista. Valemos pelo que temos, os valores são trocado...bjs.

    ResponderExcluir
  12. Perfeito este texto eu me achava ate chata comentei com meu marido estes dias sera que so´nos pensamos assim pois essa podridão existe na minha familia ,pessoas que naõ são nada e acham que saõ perfeitos .Eu não sou e nem pretendo ser como eles agradeço a deus por tudo que tenho pois lutamos muito graças a deus temos força e coragem para trabalhar .So´queremos viver em paz ,fiquei feliz em ler este texto naõ sou a unica que pensa assim bjs que deus te ilumine.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Cida. Quem tem não fica demonstrando. E, quem sabe seu valor não precisa ficar se exibindo com coisas porque ele se basta...bjs...

      Excluir

VOU FICAR MUITO CONTENTE SE VOCÊ DER UM POUCO DO SEU TEMPO PARA ME DEIXAR UM RECADINHO,OBRIGADA. DEUS O ABENÇOE.