sexta-feira, 14 de agosto de 2009

GEADA EM SANTA MARIA, RIO GRANDE DO SUL.


Achei lindas essas fotos. Foram mandadas por uma pessoa que considero minha amiga e que fez parte de uma peça importante na minha vida, sem querer.
Parece até que estamos em outro país porque em São Paulo é difícil um lugar assim: sem violência, quieto, ouvir só o som da natureza, paz...uma paraíso.
As partes mais claras são de uma geada que houve esse ano. Pedi pra ela que queria ver neve e o mais próximo que conseguiu foi essa geada. Disse que é muito, muito frio...nem imagino.
Se aqui, quando faz uns 10 graus, quase morremos, imaginem graus abaixo de zero?

Eu acho que para se vestir e ficar bonita, nada melhor que o inverno. As pessoas ficam muito mais elegantes e as roupas são lindas mas dá vontade de ficar só trancada em casa, debaixo das cobertas, tomando chocolate quente. O corpo todo dói de tanto frio.

Há uns 3 anos atrás, fui numa festa em Parelheiros, extremo sul de São Paulo, capital. Nossa! Tive que tomar remédio para dor no corpo, com leite quente e me cobrir com todos os edredons que tinha, quando cheguei em casa. O tempo de lá até o centro de São Paulo, parecia uma eternidade.
Sinceramente, pode ser tudo lindo e morro de vontade de ver neve cair, como nos filmes mas não aguento frio. Acredito que não nasci pra sentir muito frio porque me dói tudo...rs.

Achei muito bonito da parte dela ter passado frio para ter tirado essas fotos, achei lindas e até difícil de acreditar que alguém more num lugar tão lindo. E, não pense que não fez nada da vida...estudou, se formou, e pelo que sei o acesso a cidade não é tão difícil e nem tão longe.
Quer dizer, que ao mesmo tempo que você mora num paraíso, sua vida pode progredir e você fazer mil coisas...quer melhor do que isso?

Hoje, o dia foi lindo em São Paulo, muito sol e a noite com friozinho moderado.
Moro num lugar, totalmente, oposto: prédios de todos os lados, muito transito, sirenes, pessoas trabalhando e se movimentando 24h, pessoas de várias etnias e de vários lugares do Brasil, mil igrejas, bares, lanchonetes, padarias, etc., 24h.

Moro no Centro do Centro da maior cidade do Brasil, onde nada para, moro em São Paulo, capital e sou Paulistana, como a maioria são, também sou descendente de português, espanhol e italiano.

Estou dividindo com vocês um pedacinho do Brasil que ainda não tive o prazer de conhecer pessoalmente.

Boa noite, Deus abençoe a todos. Bjs.

Um comentário:

  1. Olá, achei muiiito interessante o seu blog??? Que tal unirmos nossas forças em torno de um objetivo comum??? Bjocas e um excelente final de semana

    ResponderExcluir

VOU FICAR MUITO CONTENTE SE VOCÊ DER UM POUCO DO SEU TEMPO PARA ME DEIXAR UM RECADINHO,OBRIGADA. DEUS O ABENÇOE.