domingo, 5 de julho de 2009

A VIDA É SEMPRE UMA ETERNA ESCADA...

ME IDENTIFIQUEI MUITO COM ESSA ESCADA POIS SÃO COISAS QUE VIVI E ESTOU VIVENDO:

IDENTIDADE: perdi minha identidade, por várias vezes, pra agradar "o outro" ou "os outros". Vivi a vida do "outro", esquecendo das coisas que eu gosto, não dando importância para nada que não fosse ser o que "o outro" queria que eu fosse. Por exemplo: uma pessoa queria que eu fosse magrinha e que ninguém (homens) olharia pra mim de tão sem atrativos físicos. E, cheguei a emagrecer 14kg. por depressão e para o "outro" me amar, me valorizar, me reconhecer...

Acha que adiantou? NÃO.

Tive que escutar que contiuava sem atrativos pois estava só osso e pelanca, pode?
Parei minha vida em tudo vivendo para "o outro e pelo outro" e esquecendo meus valores, meus anseios individuais. Tudo que sonhava era os sonhos com "o outro", nada que fosse só "eu".
Como se o meu "eu" não existisse. Algo, totalmente, doentio e mesmo me fazendo mal o tempo todo era incapaz de dizer "NÃO".

NUNCA DEIXE DE SER VOCÊ POR NADA E NINGUÉM.

Deus nos fez individuais, ímpares, únicos, com detalhes só nossos e nada e ninguém tem o direito de nos fazer perder isso. Nem nós temos o direito de nos perdemos e nos anularmos pelos outros.

E, nunca seremos valorizados por isso. Fiz isso para que não acabasse um relacionamento, deixei de existir e de ser eu para ser o reflexo do que o outro queria que eu fosse.

Eu,sempre, fui infinitamente melhor do que "o outro ou os outros", em particular, em: caráter, ética, educação, sabedoria, sensibilidade, honestidade, fidelidade, virtudes mais nobres e se achavam melhor do que eu por aparências e bens materiais. O pior é aceitar que me humilhassem como se eu não fosse nada.

O filme " Amor em Las Vegas", o personagem fala: justo quando fiz tudo pra desagradar alguém e fui eu mesma, foi que foi real a relação e houve amor.

Já o filme "Ensaio sobre a cegueira", mostrou o quanto somos cegos diate de inúmeras coisas e achamos que vemos tudo. Um cego, muitas vezes, enxerga melhor do muitas pessoas...
Conheço tantas pessoas,totalmente,"cegas" diante da vida e delas mesmas e passam os anos e ela são incapazes de mudar e se enxergarem para mudanças ou enxergarem a vida por outros ângulos, vendo tudo muito restrito e pequeno. Pobres coitados!

IDENTIDADE: foi o que Deus no deu junto de nossas vidas, tanto que cada um tem sua única digital, não dá pra perceber que isto é um grande sinal que não podemos nos perder no outro ou em situações e ou em outras vidas e ter a nossa própria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

VOU FICAR MUITO CONTENTE SE VOCÊ DER UM POUCO DO SEU TEMPO PARA ME DEIXAR UM RECADINHO,OBRIGADA. DEUS O ABENÇOE.